Post Punk/Gothic Rock/Darkwave – 10 destaques de 2020

Texto: Bruno Rocha

Não sou um grande fã de “listas de melhores álbuns do ano”. Não me considero na posição de juiz para dizer qual álbum é melhor que outro em meio a tantos lançamentos que poderiam de forma justa serem escolhidos como “o melhor do ano”. Além disso, a tsunami de lançamentos que acontece a cada ano torna impossível para este Escriba ouvir tudo, de modo que algum álbum que poderia ser o meu “melhor do ano” acaba por passar completamente batido por mim. Outro detalhe que costumo levar em consideração são as condições nas quais o registro foi gravado. Eu dou um maior valor maior a uma gravação honesta e com talento perceptível, mesmo que a produção não seja a melhor porque a banda assim não teve condições, do que a um álbum muito bem produzido, mas com qualidade musical duvidosa ou contestável.

E, para completar, este redator tem passado por problemas com sua memória (a idade chegando ou o estresse do dia-a-dia comendo o resto do meu juízo). De qualquer forma, estou listando dez lançamentos que se destacaram e chamaram minha atenção durante 2020 para cada gênero musical que se encaixa na linha editorial Dark Music deste blog. Ontem, Lana Insana, a especialista em música Industrial/EBM/Dark Electro do blog, deu início às listas com seus dez lançamentos preferidos destes estilos. Hoje, eu, o Escriba do Doom, darei continuidade com os 10 lançamentos que mais chamaram minha atenção dentro do Post Punk/Gothic Rock/Darkwave (para fins de esclarecimento, não enquadrei nesta lista grupos 100% eletrônicos. Portanto, você não encontrará Minuit Machine ou Linea Aspera, por exemplo, aqui). Não fiz separação entre lançamentos nacionais e internacionais. A lista abaixo está em ordem alfabética (e assim as outras também serão), e não em ordem qualitativa. Finalmente, os tipos de trabalhos que elenquei são full-lengths de músicas inéditas ou EP’s. Ou seja, nada de singles, álbuns ao vivo ou coletâneas.

Para evitar quaisquer tipos de injustiça, deixarei ao final desta matéria links nos quais você poderá ouvir diversos lançamentos de 2020 além destes que elenquei aqui. Estes links e seus conteúdos foram organizados pelo mestre Henrique Kipper mister publicação na revista Gothic Station #5 lançada em dezembro de 2020. Ah, por falar nisso, comentários sobre diversos lançamentos internacionais e nacionais de 2018 até 2020, feitos pelo Kipper e por mim, estão na edição mais recente da revista.

Tudo entendido? Sim! Vamos então a lista!

CLAN OF XYMOX – SPIDER ON THE WALL

Roony Moorings e sua inesgotável fonte de inspiração nos brindaram em 2020 com o 16º álbum de inéditas do Clan Of Xymox (contando com os lançamentos sob o nome “Xymox”), Spider On The Wall. Com este álbum, o Clan of Xymox finalmente encontrou um equilíbrio saudável entre as composições mais orgânicas as outras mais eletrônicas. Em alguns momentos podemos nos sentir ouvindo claramente o COX oitentista, mas quem curte o lado mais elétrico de Ronny também não ficou decepcionado (resenha detalhada clicando aqui).

DARK – NIGHTMARE

Tudo que sabemos sobre o Dark é que ele é um músico e produtor alemão. Sua identidade ainda não foi revelada desde que seu projeto autointitulado foi lançado oficialmente em junho de 2020. No apagar das luzes do último ano, Dark lançou o EP Nightmare, contendo os cinco singles lançados por ele ao longo do ano e mostrando que Dark possui uma ótima mão para criar composições Darkwave extremamente sombrias e agourentas.

GANGUE MORCEGO – GARAM MASALA

Quem achava que o quinteto brasileiro iria encerrar suas atividades devido aos últimos acontecimentos nas vidas dos integrantes, se enganou. Mesmo morando afastados, as mentes que dão vida ao Gangue Morcego criaram e lançaram no Halloween de 2020 o ótimo EP Garam Masala, repleto de diferentes influências que juntas formam um som homogêneo e empolgante.

LEBANON HANOVER – SCI-FI SKY

Um dos principais representantes do Minimal/Darkwave nos últimos anos lançou em 2020 Sci-Fi Sky, o aguardado sucessor de Alien (2018). Com um novo produtor (Doruk Öztürkcan, integrante do She Past Away), o Lebanon Hanover lançou talvez o álbum mais denso até hoje de sua discografia. Elementos industriais (certamente encaixados por William Maybelline) e até mesmo referências ao Black Metal se juntaram ao som do duo Larissa Iceglass/William Maybelline, expandindo assim as possibilidades de composição do duo e tornando o seu som nem tão “Minimal” assim.

MOLCHAT DOMA – MONUMENT

Outro dos mais aguardados lançamentos de 2020 não decepcionou. A sensação bielorrussa do Post Punk/Synthwave lançou Monument e com ele o trio Egor Shkutko/Roman Komogortsev/Pavel Kozlov mostrou ter lapidado ainda mais o talento outrora bruto com o qual os dois primeiros álbuns do Molchat Doma foram compostos, pondo em prática mais inteligência e ousadia em cada composição (resenha detalhada clicando aqui).

ÖTZI – STORM

Na época em que este álbum foi lançado, ainda na primeira metade de 2020, eu afirmei que ele se tratava de um dos melhores trabalhos Post Punk do ano. Findado o mesmo, esta impressão não se alterou. O Dark Post Punk praticado pelas meninas do Ötzi não sente pudor em buscar referências que vão do Pop Rock até mesmo experimentações com saxofone e teclados. E o melhor de tudo é que Storm se apresenta como um álbum homogêneo e empolgante (resenha detalhada clicando aqui)!

PONTAGULHA – MEMÓRIAS MORTAS

Uma das principais revelações da música alternativa brasileira em 2020, o Pontagulha, saiu para o mundo no começo desse ano vindo de Uruburetama, interior do Ceará. Lucas Caducco, que atualmente se faz acompanhar do tecladista e produtor paulista Gabriel Viera e do baixista local Guilherme Santos, compôs e revelou quatro faixas no EP Memórias Mortas, todas elas com uma forte carga emotiva e minimalista enganchada nos arranjos que respeitam os ensinamentos do Darkwave e do Coldwave, muito embora um single lançado recentemente indique que o Pontagulha sabe também trabalhar com o New Wave. Recentemente a banda anunciou o relançamento de Memórias Mortas em versão remasterizada e com faixas bônus (resenha detalhada clicando aqui).

SIGNO 13 – SERPENTÁRIO

Pingando um single por mês ao longo de 13 meses, de setembro de 2019 até setembro de 2020, os brasilienses do Signo 13 foram montando o álbum Serpentário, o trabalho mais variado da discografia da banda liderada por Felipe Rodrigues, cujo Post Punk não se prende a paredes apertadas e limitantes e busca referências também no Gothic Rock, no Dub e até na Surf Music, montando assim um trabalho honesto e com identidade.

SONSOMBRE – ONE THOUSAND GRAVES

O que um veterano músico de Metal Extremo como Brandon Pybus poderia conseguir inventando de tocar Gothic Rock? Bem, com o Sonsombre, Brandon tem conseguido ser considerado uma das principais bandas do estilo na atualidade e uma prova cabal de que tal título é verossímil é o mais recente álbum do grupo, o ótimo, sombrio e negro One Thousand Graves. Nada mal!

THE BLACK CAPES – LULLABIES FOR THE DEAD

Fiquei na dúvida se eu incluiria Lullabies For The Dead nesta lista de hoje ou na lista de Doom Metal que estou preparando, dado o peso das guitarras e o ritmo lento de várias músicas. Como eu achei este álbum Gothic Rock demais para ser Doom e não o contrário, incluí aqui. Os gregos do The Black Capes com seu segundo álbum de estúdio elevaram ainda mais o sarrafo de seu nível musical formado por suas músicas que mais parecem um encontro entre The 69 Eyes e Paradise Lost. Um grande lançamento obrigatório para quem curte uma energia distorcida a mais nas guitarras.

OUÇA OUTROS ÓTIMOS LANÇAMENTOS RECENTES ATRAVÉS DOS LINKS ABAIXO:
https://bit.ly/GS5_inter
https://bit.ly/GS5_brasil


Um comentário sobre “Post Punk/Gothic Rock/Darkwave – 10 destaques de 2020

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s